19 dezembro, 2010

JORNADA DE TRABALHO E ALMOÇO DE NATAL CURSO DE HISTÓRIA


No dia 18 de Dezembro, 2010, os alunos do 3ª ano do Curso de História, organizaram à semelhança do que é já tradição, o almoço de Natal, juntamente com os alunos do 1º e 2º anos, e desta vez também com os mestrandos de Ensino em História e Geografia.

De salientar que a jornada deste dia, foi pensada também, como forma de visitar vários espaços, no âmbito das temáticas abordadas na cadeira de História de Arte e Património III.

De manhã, efectuamos uma visita ao Museu de Arte Contemporânea, com uma observação atenta às obras do grande pintor Columbano Bordalo Pinheiro, expostas na exposição temporária, intitulada COLUMBANO, no âmbito das comemorações do centenário da República. O nosso sempre eloquente companheiro Victor Escudero, fez uma magnífica introdução sobre a vida e obra deste grande artista.

A meio da manhã, visitamos uma outra exposição da artista Ana Castro Freire, A Sagrada Família…o Trilho, patente no espaço da Fundação Sousa Pedro. Houve oferta de presentes e um drink, antes do almoço.

Mas como a hora do repasto se aproximava, foi ao Teatro Nacional D. Maria II, que rumamos, para esse efeito. Aqui, tivemos emoções, discursos, homenagens, atribuição de diplomas e passagem de testemunho do Núcleo Lusófono da História, cujos novos eleitos, terão nas suas mãos a responsabilidade da sua continuação.

O tempo urge, e eis que no átrio do TNDM II, técnicos e actores já esperavam, para dar início ao espectáculo A VISITA. Propunha-se uma visita encenada aos bastidores do Teatro, dando a conhecer a história do edifício e um contacto muito directo com os actores, que nos traziam velhas lembranças, com memórias reais e sítios com história.

Divertiram-nos as personagens do Pãozinho, que busca incessantemente o amor das actrizes Delfina ou Rosa, nos camarins e corredores do Teatro, mas que por outro lado, assume-se como um verdadeiro galã conquistador das demais actrizes.

Referimos ainda a personagem do Pingas, que apesar de gostar mais da ginginha, estava lá, no Teatro e vivamente aplaudia os actores e vivia os espectáculos.

Apreciamos de igual modo, a personagem de Contra-Regra, que nos conduziu pelos cantos e recantos, exercendo a sua profissão, com apego aos actores e ao espectáculo.

Outras personagens se impuseram, a grande actriz e empresária do TNDM II, Amélia Rey Colaço, ou a alusão ao espectáculo “As Árvores Morrem de Pé”, com o registo de voz, da grande actriz Palmira Bastos.

A Visita, terminou na Sala Garrett, mas ainda houve tempo, para eu própria, fazer uma breve intervenção sobre alguns aspectos mais técnicos e conduzi-los ao Piso O, situado a 14 metros de profundidade (na foto acima), em pleno Rio Tejo, que merecia também uma espreitadela e um enquadramento histórico.

Em suma, uma tarde diferente, e onde no final, transparecia nos rostos, satisfação e alegria. Pela minha parte, saí também com o sentimento de dever cumprido, de ter proporcionado uma ida ao TNDM II.

Em nome dos alunos, agradecemos a presença, a orientação e o acompanhamento dos Senhores Professores: Teotónio R. de Souza, Maria Adelina Amorim, Manuel Antunes e Vitor Serrão.

À Professora Ana Cristina Martins, cujas temáticas e trabalhos do semestre, justificaram estes desafios, é por si, que procuramos fazer sempre melhor.

Não esquecemos os demais Professores, que por algum motivo não puderam estar presentes, mas que sempre contamos com eles.

A todos o nosso OBRIGADA

DEOLINDA MENDES

3º Ano – Curso de História

2 comentários:

Moon Lady disse...

Olá.

foi um dia muito bem passado, com muita alegria e muita história. Uma só palavra para descrever o dia 18 de Dezembro ADOREI.

boas festas para todos

catarina

Fatinha disse...

Eu quero deixar os meus sinceros PARABÉNS pelo empenho a que todos dedicaram este dia. Houve partilha de conhecimentos, alegrias e mta emoção. Eu saí do Teatro com a melhor experiencia possivel. Sou grata e sinto-me previligiada por ter entrado neste grupo!
Fátima Santos - 1º ano.